domingo, 23 de outubro de 2011

“Não negocie seu olho direito, o inegociável olho da pontaria”


Marlon P. Fernandes





INTRODUÇÃO:

Os dois maiores dias da vida de uma pessoa são: o dia do seu nascimento e o dia em que ele descobre porque nasceu.
Ø  Você já parou para pensar porque você nasceu?
Ø  Porque você está nesse mundo?
Ø  Será que você é um acidente?
Ø  A vida é um presente de Deus, e como um presente é de graça, é sua e de ninguém mais;
Ø  Deus te deu controle sobre sua vida, para você decidir o que quer fazer dela;
Ø  Seus caminhos aqui na terra serão desenhados por você;
Ø  Temos um alvo a acerta, uma mira e flechas na aljava e agora?

Sl 127. 4,5 - Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade.
5. Bem-aventurado o homem que enche deles a sua aljava; não serão confundidos, mas falarão com os seus inimigos à porta.

Ø  Estamos diante de um futuro que está chegando a cada dia;
Ø  Um corpo jovem que está envelhecendo;
Ø  E a vontade de conquista está cada vez mais forte, e as tentações também.

I Sm 11.1,2 - ENTÃO subiu Naás, amonita, e sitiou a Jabes-Gileade; e disseram todos os homens de Jabes a Naás: Faze aliança conosco, e te serviremos.
2  Porém Naás, amonita, lhes disse: Com esta condição farei aliança convosco: que a todos vos arranque o olho direito, e assim ponha esta afronta sobre todo o Israel.

ü  Naás, era o rei dos amonitas, marchou contra a cidade de Jabes, na terra de Gileade. O exército de Naás cercou a cidade, e então os homens de Jabes lhe disseram: - Vamos fazer um acordo e nós o aceitaremos como chefe.
ü  Naás respondeu: - Eu faço um acordo, mas com a seguinte condição: furarei o olho direito de todos vocês e assim humilharei todo o povo de Israel.
ü  Os líderes de Jabes disseram: - Dë-nos sete dias para mandar mensageiros por toda a terra de Israel. Se ninguém vier nos ajudar, então nos entregaremos a você.
ü  O texto original hebraico nos mostra que disseram: Ponha as condições e te serviremos.
ü  As condição de Naás era ardilosa e terrível: Fura o olho direito de todos e assim humilharia todo o povo de Israel.
ü  Naás era um rei maligno queria que todos os homens de Jabes de Gileade negociassem cada um seu olho direito.
ü  Os líderes de Jabes pediram sete dias antes de fazer este acordo, esta aliança de vergonha  concluíram com as seguintes palavras: Se ninguém vier nos ajudar, então nos entregaremos a você.

Ø  Saul era rei em Israel, quando ouviu o clamor do povo de Jabes e todas as palavras do rei Naás contra eles, o Espírito veio sobre Saul poderosamente (1 Sm 11:6).
Ø  Organizou o exército com trezentos e trinta mil homens para socorrer Jabes.
Ø  No dia seguinte, ainda bem cedo, Saul dividiu o exército em três companhias, atacou e venceu o inimigo amonita (1 Sm 11:9-11).
Ø  Temos que considerar que a ganância do rei Saul em vencer Naás, foi aumentada pela ofensiva condição que havia imposta, desejando que cada israelita de Jabes de Gileade negociasse seu olho direito.
Ø  Nos tempos antigos quando um soldado perdia o olho direito, ficava praticamente inutilizado para a batalha.
Ø  Normalmente o olho esquerdo durante o combate, ficava protegido pelo escudo. Enquanto que o olho direito era o olho da pontaria, o olho da visão do alvo, o olho com o qual miramos o inimigo.

1.0.        VAMOS APLICAR ESTA HISTÓRIA BÍBLICA PARA OS NOSSOS DIAS;
Creio que Deus está nos dizendo com autoridade e poder essa palavra:

NÃO NEGOCIES TEU OLHO DIREITO!

Ø  Deus nos criou para si mesmo, para ter com Ele um relacionamento espiritual especial;
Ø  A vida cristã ou vida espiritual é a expressão terrena do relacionamento especial com Deus que temos através de Jesus Cristo e do Espírito Santo;
Ø  Então quando fiz essa pergunta para vocês:
Ø  Você já parou para pensar porque você nasceu?
Ø  Porque você está nesse mundo?

Ø  A resposta CERTA seria:
Ø  Para ter com Deus um relacionamento espiritual e especial;

1.2.  COMO NEGOCIO MEU OLHO DIREITO?

Ø  Este olho direito pode ser furado e negociado quando tomamos a decisão errada na vida, quando resolvemos ter uma vida sem Deus; É através do olho direito da mira que podemos contemplar as coisas grandes de Deus para nós, o alvo certo.

Jr 33:3 - Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes.

Ø  Este olho direito pode ser a integridade de caráter:
Ø  Quando se perde um bem, riquezas, dinheiro – não se perdeu nada;
Ø  Quando se perde a saúde – se perdeu alguma coisa;
Ø  Quando se perde o caráter – se perdeu tudo. Não podemos permiti que o mal, o mundo e a carne nos vaze este olho direito.

Ø  Este olho direito pode ser a sua esperança:

Certa vez um jovem estava sendo perseguido, era um jovem que tinha comprado drogas para o seu consumo, seu vicio e não tinha como pagar sua divida, e estava jurado de morte...

Haviam traficantes que queriam matá-lo. O jovem, correndo, virou em um atalho que saía da estrada e entrava pelo meio do mato e, no desespero, ele lembrou de uma palavra ministrada em sua igreja, elevou uma oração a Deus da seguinte maneira:
- "Deus Todo Poderoso fazei com que dois anjos venham do céu e tapem a entrada da trilha para que os traficantes não me matem!!!"

Nesse momento ele escutou que os treficantes se aproximavam da trilha onde ele se escondia e viu que na entrada da trilha apareceu uma minúscula aranha.

A aranha começou a tecer uma teia na entrada da trilha.

O jovem se pôs a fazer outra oração cada vez mais angustiado, pois viu que a morte se aproximava dele, pois tinha negociado seu olho direito:
- "Senhor, eu vos pedi anjos, não uma aranha", e continuou a orar, "Senhor, por favor, com tua mão poderosa coloca um muro forte na entrada desta trilha, para que os traficantes não possam entrar e me matar..."

Abriu os olhos esperando ver um muro tapando a entrada e viu apenas a aranha tecendo a teia.

Estavam os traficantes entrando na trilha, na qual ele se encontrava esperando apenas a morte.

Quando passaram em frente da trilha o traficante escutou:
- "Vamos, entremos nesta trilha!"
- "Não, não está vendo que tem até teia de aranha! Nada entrou por aqui. Continuemos procurando nas próximas trilhas"

Foram embora e aquele jovem não morreu. Fé é crer no que não se vê, é perseverar diante do impossível.
Às vezes pedimos muros para estarmos seguros, mas Deus pede que tenhamos confiança n`Ele para deixar que sua glória se manifeste e faça algo como uma teia, que nos dá a mesma proteção de uma muralha.
Autor desconhecido

Ø  Aonde você tem colocado sua confiança e a sua fé?
Ø  É notável o número de pessoas crentes que já perderam a esperança. Por sua vez vivem apáticos, sem vida, sem sonhos, sem ideais, sem expectativas, sem motivações em suas vidas.
Ø  E é nesse momento que negociam com o mal, e tomam o caminho errado.

Ø  Este olho direito pode ser o discernimento espiritual;
Ø  Quantas pessoas andando com olho furado perderam completamente o discernimento, a alegria de viver, esqueceram da cruz de Cristo, e por não terem discernimento, são engodados e levados como presas fáceis dos enganadores.

1.3. COMO FLECHA NA MAO DO VALENTE

Sl.127.4
Como flechas nas mãos do guerreiro são os filhos nascidos na juventude.
Ø  Vocês vão longe se acertarem seus alvos;
Ø  Flechas estão associadas à força, direção certa, alvo seguro, olhos guerreiro, vontade, disposição,...
Ø  Vocês, portanto, são os prosseguidores da herança familiar (127.4), Seja ela secular ou espiritual;
Ø  Temos o dever de prosseguir a herança que recebemos essa herança dada por Deus. Sempre a prolongaremos.
Ø  De que modo o estamos fazendo? Talvez rompendo, como Jabes; talvez continuando, como Isaque.

As aljavas

Ø  Não negocie seu caminho, seu futuro com o mal;
Ø  O mundo oferece muitas ofertas, pratos prontos e atraentes;
Ø  Os pais felizes têm filhos-flechas guardadas na vida-aljava. (Aljava é o estojo para se carregar flechas);
Ø  Os jovens precisam saber que sua presença é vida. Por isto, não devem ser morte.
Ø  Jovem vocês são a projeção da vida dos seus pais, da vida da igreja de Cristo. Por isso não negocie sua vida, seu futuro, sua vida cristã;
Ø  Deixe Deus escrever a sua história e de sua família;
Ø  Amplie sua visão, amplie seu horizonte,...

CONCLUSÃO:

Ø  A palavra diz: E eis que Deus está conosco, à nossa frente (II Cro 13.12 a);
Ø  Por isso não negocie seu olho direito;

Sl. 139.23,24 - Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno.

Ø  A Lei Espiritual são os Princípios: Perdão, amor, disciplina, domínio próprio e temperança;
Ø  Cristo deve ser considerado não apenas fonte de perdão e da vida eterna, mas também a fonte de orientação ética e do poder de transformação dos nossos conceitos morais.
Ø  Deixe Deus transforma sua visão para você segui no caminho certo.


0 comentários:

Postar um comentário